adote

Adote um Animal

COM ALGUNS REAIS VOCÊ AJUDA A DAR VIDA A MAIOR RIQUEZA DO PAÍS

Muitos animais que recebemos, vitimas de atropelamento, queimada, eletrocussão e tráfico, retornam à natureza. Outros, por alguma sequela física ou até psicológica, permanecem conosco em cativeiro.

Nesse sentido, precisamos de sua ajuda para manter e melhorar o bem-estar desses animais. Você pode fazer isso adotando-os simbolicamente.

Como funciona:

adot1

Você pode escolher entre a onça-parda Yara, a jaguatirica Pitango, o lobo-guará Balú, o bugio Gardenal e a arara Bailarina.

adot2

Via Pag Seguro: Você pode optar por realizar um deposito de R$ 240,00 via boleto bancário ou parcelar no cartão de crédito.

Via deposito bancário: Você pode realizar um deposito anual de R$ 240,00 em nossa conta bancária e enviar o comprovante via e-mail.

adot3

Certificado: No ato do apadrinhamento, você recebe um certificado digital de participação.
Informações: Mensalmente você recebe informações por e-mail sobre o animal apadrinhado.
Visitas: Você pode visitá-lo sempre que quiser, com agendamento prévio através do telefone (11) 4815-5777.


1 – CONHEÇA OS ANIMAIS

Abaixo você poderá conhecer um pouco da historia de cada um deles. Lembramos que a adoção é simbólica e todo o recurso adquirido através desse programa será investido no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, através da aquisição de alimentos e medicamentos veterinários e manutenção e construção de recintos.


bailarina

Arara Bailarina

Essa arara chegou na Mata Ciliar há três anos, com um grave quadro de atrofia. Por ter sido tratada desde filhote como animal de estimação, recebeu uma alimentação completamente errada que comprometeu o desenvolvimento de seus ossos e musculatura. Desta forma, Bailarina não consegue voar e nem parar em pé e, por esse motivo, atualmente vive numa gaiola em que consegue se equilibrar.
botao_adotar

 


adotebalu

Lobo-guará Balu

Balu chegou ainda filhote à Associação Mata Ciliar, em setembro de 2012, sem conseguir andar por ter sido atropelado na cidade de Lorena. Surpreendeu a todos em seu processo de reabilitação e hoje é um jovem saudável em plenas condições de saúde. Compartilha um recinto com uma fêmea de sua espécie e é possível que retorne ao seu habitat natural. O avanço urbano, agropecuário e industrial no interior paulista é a principal causa de acidentes com essa espécie.
botao_adotar

 


yara

Onça-parda Yara

Yara é uma jovem fêmea de onça-parda que chegou ao Cras com dois meses de idade. Ela foi encontrada sem a mãe próximo a uma rodovia na cidade de Franca, interior paulista. Apresenta um comportamento arredio e não é nem um pouco dócil, um ótimo sinal para um animal silvestre que, futuramente, pode retornar à natureza.
botao_adotar

 

adfotegardenal

Bugio Gardenal

Todos questionam o porquê deste primata ter recebido tal nome. Quando chegou à Mata, em julho de 2003, apresentava um comportamento muito agitado e vocalizava excessivamente, resultado de anos vivendo como animal de estimação. Durante um período, ele ficou sob cuidados especiais e passou por um manejo para desvincular o contato com o ser humano. Atualmente ele é um autêntico macho de bugio, líder do grupo dos demais indivíduos de sua espécie que vivem com ele.
botao_adotar

 


adotepitango

Jaguatirica Pitango

Esse macho de jaguatirica nasceu na Mata Ciliar em 2009. Sua mãe, Amora, viveu conosco durante 17 anos. Pitango é uma das mais de 30 jaguatiricas residentes na Associação Mata Ciliar e integra um programa de conservação internacional dessa espécie. Dentre os diversos desafios enfrentados, a caça da jaguatirica para a comercialização de pele ainda é uma triste e nefasta realidade.
botao_adotar

 

Confira também

apadrinhe

Sua empresa pode apadrinhar um animal

Ao apadrinhar um dos indivíduos que residem na Associação Mata Ciliar, a sua empresa estará …

Um comentário

  1. Parabéns pela dedicação, amor e profissionalismo, não conhecia o trabalho de vocês, acabei de assistir no Jornal da Gazeta hoje 15 de agosto de 2016, a reportagem do filhote de Onça Parda encontrada da estrada . Que Deus continue iluminando suas Mentes e Corações. Grande abraço com admiração. João Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *